Sala de Imprensa

Releases

18.10.2011

Entre muitos desafios e animais selvagens, a Expedição Pantanal chega à sexta etapa

A Expedição Pantanal, projeto patrocinado pela Fundação Toyota do Brasil que percorrerá dez rotas em diferentes regiões do Pantanal para mapear as práticas sustentáveis do local, finalizou sua sexta etapa no último sábado, 15 de outubro. Nestes três meses, a equipe de expedicionários já se deparou com animais selvagens como porcos do mato, tamanduás, ariranhas e uma infinidade de espécies de pássaros, mas ainda aguarda ansiosa pela aparição da onça pintada, que acreditam encontrar até o final da expedição.

Além da fauna exuberante, a equipe também enfrentou desafios como estradas em péssimo estado de conservação, pontes destruídas devido à última cheia do Pantanal e terrenos de difícil acesso. “Na última rota passamos pela Estrada Parque Pantanal, com terreno arenoso e má conservação. Sem a Hilux, a nossa EXPedita, não conseguiríamos percorrer 20% da rota”, afirma José Luis de Souza, motorista e responsável pelo apoio de campo da Expedição Pantanal.

Nesta sexta etapa, a equipe chegou ao estado de Mato Grosso, passando por Cuiabá, Várzea Grande, Santo Antonio de Leverger, Barão do Melgaço, Poconé e Porto Cercado. E visitou organizações como o Espaço Vitória (Instituto Centro de Vida – ICV), com foco na promoção da sustentabilidade e qualidade de vida, Centro de Pesquisa do Pantanal, a Colônia de Pescadores de Barão do Melgaço, Sindicato Rural de Poconé, o ICMBio, a Prefeitura, entre outras instituições, pousadas e projetos da região.

Nessas visitas, os expedicionários relatam que as instituições e organizações realizam trabalhos similares às do Mato Grosso do Sul. No entanto, o processo é diferente, devido à cultura e aos costumes distintos em ambas as regiões. Um exemplo é a gestão da agricultura familiar realizada pelo Espaço Vitória, localizado em Cuiabá. A instituição é referência em promover a união de moradores para que juntos consigam aumentar a renda mensal das famílias.

Sobre as perspectivas para as próximas etapas, Fábio Pellegrini, jornalista e responsável pela captação de imagens da Expedição Pantanal, afirma que: “A expectativa é passar por novas experiências, conhecer iniciativas de destaque, visitar instituições do poder público, centros de pesquisa, propriedades rurais e empreendimentos hoteleiros que têm algo a nos mostrar e servir de exemplo em relação ao desenvolvimento sustentável na região”.

A sétima etapa da Expedição Pantanal está prevista para começar no dia 24 de outubro, na região de Porto Murtinho, dentre os locais já mapeados para visitação dos expedicionários estão organizações locais com foco ambiental e social, propriedades rurais e a Prefeitura, os demais locais serão definidos até o início da rota.

Projeto Expedição Pantanal

O Projeto Expedição Pantanal, criado pelo Instituto SOS Pantanal com patrocínio da Fundação Toyota do Brasil, percorrerá o Pantanal até dezembro de 2011 mapeando as melhores práticas nas áreas de educação, saúde, turismo, meio ambiente e economia. O grupo contará ainda com a presença de chefes de cozinha, que terão a missão de estudar e documentar a culinária local.

A coleta de dados realizada ao longo da viagem orientará estratégias para a proteção do Pantanal e o diagnóstico de problemas socioambientais, que resultarão na elaboração de um guia de práticas sustentáveis, um documentário e um livro fotográfico sobre a região.

Primeira iniciativa na região

O Projeto Arara Azul foi a primeira ação patrocinada pela Fundação Toyota do Brasil no Pantanal Sul Mato-Grossense. A ação recebe o apoio da instituição desde 2009, embora já conte com a ajuda da Toyota desde a sua criação, em 1990. A iniciativa visa a proteção das araras azuis, aves ameaçadas de extinção nativas daquela região. No total, são monitoradas aproximadamente 3 mil aves, que vivem em 364 ninhos espalhados por 47 fazendas pantaneiras. O apoio logístico para o monitoramento dos ninhos do projeto é feito com picapes Hilux, com tração 4X4, que permitem a locomoção da equipe de biólogos entre as regiões de preservação, onde as estradas são, em sua maioria, não pavimentadas.

Fundação Toyota do Brasil

Criada em abril de 2009, a Fundação Toyota do Brasil tem suas atividades focadas na preservação ambiental e formação de cidadãos. Além das novas iniciativas surgidas com a sua criação, a Fundação Toyota do Brasil também unificou e ampliou todas as ações de responsabilidade social já em andamento, que estavam sob a responsabilidade da montadora, Toyota do Brasil. A Fundação Toyota do Brasil agrega ainda as ações sociais implantadas e mantidas nas comunidades onde a montadora possui unidades, em Indaiatuba (SP), Guaíba (RS), Sorocaba (SP) e São Bernardo do Campo (SP). Estas iniciativas compreendem as áreas de educação, meio ambiente e cultura, e contam com o apoio dos colaboradores da empresa como voluntários.

Para obter este press release, bem como todo o material de imprensa da Toyota do Brasil, como fotos e vídeos, acesse www.toyotaimprensa.com.br

Para entrar em contato com a Fundação Toyota do Brasil, envie uma mensagem para: contato@fundacaotoyotadobrasil.org.br

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO

PARCEIROS