Sala de Imprensa

Releases

16.11.2011

Expedição Pantanal desvenda a “última guardiã do rio Paraguai”

Conhecer os costumes, a cultura, a comida e a tradição do Pantanal da fronteira com o Paraguai. Esses foram os objetivos da sétima rota da Expedição Pantanal, projeto que percorre diferentes regiões do Pantanal para mapear suas práticas sustentáveis. A cidade de Porto Murtinho, situada às margens do rio Paraguai, traz em suas raízes a mistura de povos das fronteiras, o que torna sua cultura diversificada e única.

A cidade de Porto Murtinho é conhecida como a “última guardiã do rio Paraguai”, por ser a última cidade brasileira banhada pelo rio antes que ele entre no Paraguai e Argentina. Durante essa etapa, os expedicionários conheceram o Fecho dos Morros, região turística cercada por grandes montanhas e repleta de Carandás, palmeira típica da região. Ali se encontra a maior concentração de Tucanos do Pantanal.

Além da beleza natural, a coordenadora executiva da expedição, Lucila Egydio, também avalia o valor histórico dos locais visitados pelo projeto até agora. “Vale lembrar que a ocupação da região se deu pela exploração do ouro no rio Cuiabá e que, portanto, há todo um patrimônio cultural relacionado a esta história. As visitas a Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Barão do Melgaço e Poconé deram essa dimensão de ancestralidade e de peso histórico que a região detém”, afirma.

A coordenadora também destaca que a Expedição Pantanal criou a oportunidade de conhecer essa rica história aliada às iniciativas modernas para dinamizar a região, com diversas formas de aplicação do conceito de sustentabilidade em suas três dimensões: social, ambiental e econômica.

A penúltima etapa da expedição está prevista para ter início no dia 13 de novembro, na cidade de Cáceres, onde a equipe irá participar do famoso Dia do Rio Paraguai, evento tradicional, que ocorre todos os anos. Além disso, estão agendadas visitas em propriedades rurais, governo municipal, organizações não-governamentais e institutos de pesquisa. Nesta reta final, os expedicionários estão buscando obter informações técnicas da região por meio de pesquisadores, técnicos e ambientalistas.

Projeto Expedição Pantanal

O Projeto Expedição Pantanal, criado pelo Instituto SOS Pantanal com patrocínio da Fundação Toyota do Brasil, percorrerá o Pantanal até dezembro de 2011 mapeando as melhores práticas nas áreas de educação, saúde, turismo, meio ambiente e economia. O grupo contará ainda com a presença de chefes de cozinha, que terão a missão de estudar e documentar a culinária local.

A coleta de dados realizada ao longo da viagem orientará estratégias para a proteção do Pantanal e o diagnóstico de problemas socioambientais, que resultarão na elaboração de um guia de práticas sustentáveis, um documentário e um livro fotográfico sobre a região.

Primeira iniciativa na região

O Projeto Arara Azul foi a primeira ação patrocinada pela Fundação Toyota do Brasil no Pantanal Sul Mato-Grossense. A ação recebe o apoio da instituição desde 2009, embora já conte com a ajuda da Toyota desde a sua criação, em 1990. A iniciativa visa a proteção das araras azuis, aves ameaçadas de extinção nativas daquela região.

No total, são monitoradas aproximadamente 3 mil aves, que vivem em 364 ninhos espalhados por 47 fazendas pantaneiras. O apoio logístico para o monitoramento dos ninhos do projeto é feito com picapes Hilux, com tração 4X4, que permitem a locomoção da equipe de biólogos entre as regiões de preservação, onde as estradas são, em sua maioria, não pavimentadas.

Fundação Toyota do Brasil

Criada em abril de 2009, a Fundação Toyota do Brasil tem suas atividades focadas na preservação ambiental e formação de cidadãos. Além das novas iniciativas surgidas com a sua criação, a Fundação Toyota do Brasil também unificou e ampliou todas as ações de responsabilidade social já em andamento, que estavam sob a responsabilidade da montadora, Toyota do Brasil.

A Fundação Toyota do Brasil agrega ainda as ações sociais implantadas e mantidas nas comunidades onde a montadora possui unidades, em Indaiatuba (SP), Guaíba (RS), Sorocaba (SP) e São Bernardo do Campo (SP). Estas iniciativas compreendem as áreas de educação, meio ambiente e cultura, e contam com o apoio dos colaboradores da empresa como voluntários.

Para saber mais informações, visite o site da Fundação Toyota do Brasil na internetwww.fundacaotoyotadobrasil.org.br

Para obter este press release, bem como todo o material de imprensa da Toyota do Brasil, como fotos e vídeos, acesse www.toyotaimprensa.com.br

Para entrar em contato com a Fundação Toyota do Brasil, envie uma mensagem para: contato@fundacaotoyotadobrasil.org.br

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO

PARCEIROS