Sala de Imprensa

Releases

22.12.2011

Neste verão, vivencie uma experiência única com o turismo consciente no nordeste brasileiro

Belas praias, piscinas naturais, riqueza de flora e fauna marinha, calor durante quase o ano todo e outros diversos atributos fazem da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais um dos principais destinos turísticos do Brasil. Lá, acontece o Toyota APA Costa dos Corais, um projeto que visa à conservação e sustentabilidade da área, realizado pela Fundação Toyota do Brasil em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica e o ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

Cidades como Maragogi, Porto das Pedras, São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio, Japaratinga e Barra de Camaragibe são exemplos dos cenários paradisíacos presentes na região. E, por atrair muitos turistas, é preciso ficar atento aos cuidados com o meio ambiente na hora de desfrutar das belezas naturais.

A APA Costa dos Corais é a primeira área de proteção ambiental federal do País a preservar recifes costeiros, além de abrigar a segunda mais importante barreira de corais do mundo, com mais de 185 espécies de peixes registradas e animais ameaçados de extinção como o mero, as tartarugas marinhas e o peixe-boi-marinho.

Devido à relevância da região para a biodiversidade brasileira, é essencial que os turistas saibam a importância de seu papel individual para a criação de uma cultura de preservação coletiva. Atitudes simples como não jogar lixo na área minimizam os riscos para muitas espécies de mamíferos, peixes e aves, que podem confundir o lixo com alimento e morrer por ingerirem estes materiais ou ficarem presos nele. Por este motivo é proibida a venda de comida e bebida nos locais de visitação, como piscinas naturais. Também não é permitido alimentar os animais, pois o alimento altera o ciclo biológico das espécies da região, quebrando o equilíbrio natural da cadeia alimentar, o que resulta na predominância de algumas espécies e desaparecimento de outras.

Durante a visitação aos locais com recifes de corais os turistas devem adotar algumas práticas e cuidados, inclusive na escolha de guias que respeitem o meio ambiente. Os corais são organismos vivos que abrigam mais de 93 mil espécies de fauna e flora marítimas, e morrem quando danificados. Por este motivo, não se deve pisá-los, arrancá-los ou comprá-los como souvenir, para não incentivar este tipo de comércio na região. Em passeios com embarcações é preciso atentar-se às áreas de atracação, pois as âncoras dos barcos podem danificar em segundos os corais que levaram centenas de anos para se formarem. Do mesmo modo, a pesca deve respeitar as regulamentações existentes e regiões permitidas. A atenção com o descarte do lixo se estende para as áreas de manguezais. O local é o habitat do peixe-boi-marinho e serve de berçário para diversas espécies, além de ser fonte de renda para as famílias das comunidades locais.

Nos restaurantes da região também é possível cooperar com a manutenção da fauna marinha. Questionar a procedência de alguns frutos do mar, assim como não comprar espécies em período de defeso, no qual é proibida a pesca para que as espécies se reproduzam, auxiliam a reduzir este tipo de comércio e a pesca ilegal.

O período de defeso dos camarões (rosa, sete barbas e branco) começou em 1º de dezembro e termina em 15 de janeiro, assim como o da lagosta (vermelha e cabo verde), que começou no mesmo período, mas se estende até 31 de maio. Os restaurantes só podem comercializar estes tipos de frutos do mar que foram estocados e protocolados junto ao Ibama até o início do período de defeso, sujeito a multa em caso de infração.

Com essas dicas o turista pode vivenciar uma experiência única em um ambiente totalmente preservado, sentir a natureza viva, sem a interferência do homem, e garantir que diversas espécies continuem sobrevivendo em seus habitats. “Se cada um fizer sua parte, garantiremos a conservação da APA Costa dos Corais para que a as futuras gerações tenham também o privilégio de conhecer uma das áreas mais bonitas do planeta. Praticar o turismo responsável é uma prova de consciência e amor à natureza”, afirma Ricardo Bastos, presidente da Fundação Toyota do Brasil.

Projeto Toyota APA Costa dos Corais

O projeto Toyota APA Costa dos Corais é uma iniciativa que visa à conservação e sustentabilidade da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, criada para preservar os recifes de corais, proteger as áreas de manguezais, preservar o habitat e os ecossistemas associados ao peixe-boi-marinho – mamífero aquático mais ameaçado do Brasil –, bem como toda flora e fauna da região. O projeto é realizado pela Fundação Toyota do Brasil em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica.

A APA Costa dos Corais abrange oito municípios em Alagoas e três em Pernambuco e é uma das regiões mais belas do Brasil, com mais de 413 mil hectares de área protegida, que abriga a segunda mais importante barreira de corais do mundo. O local é considerado um imenso berçário da vida marinha, com mais de 185 espécies de peixes registradas e a presença de animais ameaçados de extinção como o mero, as tartarugas marinhas e o peixe-boi-marinho.

O projeto Toyota APA Costa dos Corais tem como prioridades a criação de um fundo de investimento, que garantirá a perpetuidade no apoio à gestão, proteção e sustentabilidade da APA; o suporte e financiamento de atividades de organizações e comunidades locais que já atuam em prol da conservação da área, o que inclui o Plano de Manejo e o empoderamento da comunidade para que desenvolva atividades e negócios sustentáveis ligados à pesca e ao turismo responsável dentro da área de proteção ambiental.

Fundação Toyota do Brasil

Criada em abril de 2009, a Fundação Toyota do Brasil tem suas atividades focadas na preservação ambiental e formação de cidadãos. Além das novas iniciativas surgidas com a sua criação, a Fundação Toyota do Brasil também unificou e ampliou todas as ações de responsabilidade social já em andamento, que estavam sob a responsabilidade da montadora, Toyota do Brasil.

A Fundação Toyota do Brasil agrega ainda as ações sociais implantadas e mantidas nas comunidades onde a montadora possui unidades, em Indaiatuba (SP), Guaíba (RS), Sorocaba (SP) e São Bernardo do Campo (SP). Estas iniciativas compreendem as áreas de educação, meio ambiente e cultura, e contam com o apoio dos colaboradores da empresa como voluntários.

Para entrar em contato com a Fundação Toyota do Brasil, envie uma mensagem para: contato@fundacaotoyotadobrasil.org.br

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO

PARCEIROS