Sala de Imprensa

Releases

21.08.2018 Fazer download

Projeto contrata consultoria para planejamento da visitação pública de famosa região turística

    O Projeto Toyota APA Costa dos Corais, uma parceria entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Fundação SOS Mata Atlântica e a Fundação Toyota do Brasil, publica hoje (15), “Termo de Referência“ que visa a contratação de consultoria para a elaboração do Plano de Uso Público da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC), localizada em Alagoas e Pernambuco. O projeto recebe propostas até 31 de agosto e disponibilizará R$ 30 mil para a execução da atividade em seis meses.

    Criada em 1997 como a primeira área marinha a proteger um dos mais importantes recifes de corais do mundo - abrigando mais de 183 espécies de peixes - a APA Costa dos Corais abrange 13 municípios, com Tamandaré (PE) e Maceió (AL) em suas extremidades.

    Somente em 2017, esta região recebeu mais de 265 mil visitantes, fazendo com que a APACC seja uma das 10 Unidades de Conservação (UCs) federais mais visitadas do Brasil. Entre os atrativos mais procurados na região estão as piscinas naturais de Maragogi e a cidade de São Miguel dos Milagres, em Alagoas, além de Tamandaré, em Pernambuco. Passeios de contemplação de manguezais e do peixe-boi marinho são outros exemplos.

    Por estar em uma área marinha protegida, todas as atividades nessa região seguem regras estabelecidas pelo ICMBio, órgão ambiental do governo federal responsável pela gestão das UCs brasileiras. Sendo assim, a instituição contratada terá que elaborar um planejamento de visitação capaz de conciliar os diversos tipos de uso da APA Costa dos Corais, desde recreação, passando por atividades pedagógicas, até científicas.

    “Somos responsáveis pela emissão de centenas de autorizações para esses diversos tipos de uso. Nem todo turista, que vai para uma piscina natural ou passeio de barco, por exemplo, sabe que isso acontece, inclusive para sua proteção, nem mesmo que está em uma área protegida. O desafio por aqui é conseguir equilibrar desde operações empresariais, com grandes embarcações e turismo de massa, até o turismo de base local com pequenas e médias embarcações“, afirma Iran Normande, chefe da APA Costa dos Corais.

    As instituições interessadas devem atender alguns critérios, como especialidade em planejamento de uso público em Unidades de Conservação (UCs), em turismo ecológico, em atividades de visitação recreacional, entre outros. Entre as atribuições do consultor estão a avaliação dos instrumentos de gestão atuais, bem como a produção de diagnóstico do cenário turístico da APA e a promoção da participação qualitativa dos atores locais, durante todo o processo. Considerando também a importância da visitação no contexto socioeconômico local e regional, é mais que importante a elaboração do Plano de Uso Público para a gestão da área, que possibilita melhor planejamento, desenvolvimento e monitoramento das atividades turísticas na APA Costa dos Corais.

    “Esperamos com isso proporcionar uma melhor experiência aos visitantes, maiores benefícios para as comunidades locais e, consequentemente, conservação dos recursos naturais e da biodiversidade marinha da região“, afirma Camila Keiko Takahashi, bióloga da Fundação SOS Mata Atlântica, organização responsável pela gestão técnica e financeira do projeto.

    O projeto Toyota APA Costa dos Corais é patrocinado pela Fundação Toyota do Brasil e constituiu um Fundo de Perpetuidade que, entre diversas atividades, colabora para a gestão da APA Costa dos Corais realizada pelo ICMBio.

    “Nesse últimos 7 anos de projeto, tivemos inúmeras conquistas. Temos certeza que o Plano de Uso Público para gestão do local vai ser mais um importante passo no projeto Toyota APA Costa dos Corais, criando entre moradores e turistas um sentimento de pertencimento para promover o desenvolvimento sustentável da região aliado à conservação do meio ambiente“, reforça Saori Yano, diretora-executiva da Fundação Toyota do Brasil

    Sobre a Fundação Toyota do Brasil

    Criada em abril de 2009, a Fundação Toyota do Brasil atua na preservação ambiental e formação de cidadãos. Além das novas iniciativas surgidas com a sua instituição, a Fundação Toyota do Brasil unificou e ampliou todos os projetos de responsabilidade social em andamento, que estavam sob a responsabilidade da montadora Toyota do Brasil.

    A Fundação Toyota do Brasil agrega ainda as ações sociais implantadas e mantidas nas comunidades onde a empresa possui unidades, como Indaiatuba (SP), Guaíba (RS), Porto Feliz (SP), Sorocaba (SP) e São Bernardo do Campo (SP). As iniciativas compreendem as áreas de educação, meio ambiente e cultura, e contam com o apoio dos colaboradores da empresa como voluntários.

    Para mais informações, visite o site da Fundação Toyota do Brasil na internet www.fundacaotoyotadobrasil.org.br.

    Sobre o ICMBio

    O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial. Criado dia 28 de agosto de 2007, pela Lei 11.516, o ICMBio é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).

    Sobre a Fundação SOS Mata Atlântica

    A Fundação SOS Mata Atlântica é uma ONG ambiental brasileira. Atua na promoção de políticas públicas para a conservação da Mata Atlântica por meio do monitoramento do bioma, produção de estudos, projetos demonstrativos, diálogo com setores públicos e privados, aprimoramento da legislação ambiental, comunicação e engajamento da sociedade em prol da recuperação da floresta, da valorização dos parques e reservas, de água limpa e da proteção do mar. Os projetos e campanhas da ONG dependem da ajuda de pessoas e empresas para continuar a existir. Saiba como você pode ajudar em www.sosma.org.br.

Para entrar em contato com a Fundação Toyota do Brasil, envie uma mensagem para: contato@fundacaotoyotadobrasil.org.br

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO

PARCEIROS